top of page

Encontre o seu valor




Faz um tempo desde que nos falamos. De lá para cá aprofundamos nossa reflexão sobre autocuidado, que nos levou para uma seguinte sobre valores. Numa primeira instância, falar de percepção de valores pode parecer um assunto egocentrado e individualista. Não fomos ensinados que somos valiosos, e que energia custa. Todos valemos muito. Como uma marca pequena e de trabalho 100% manual temos encontrado algumas barreiras relacionadas à crescimento, com processos que precisam ser constantemente revisados para dar um passo seguinte. No meio desse caminho, inevitavelmente, aparecem pulgas atrás da orelha querendo saber se as intenções se mantém. Surgem então os possíveis atalhos, a ramificação dos ideais, e assim, a dispersão da energia. Estômagos vazios buscando preenchimento de buracos. Onde ficam as crenças e a percepção de (auto)valor no meio disso? Nasce então a desconexão sobre o próprio valor.  Toda vez que essa barriga começa a roncar, sentimos que é necessário refletir:  Como nos vemos? Como nos enxergamos? Quais são as nossas potências?  O que queremos ser? E a quem e ao que queremos servir? O danado do fio condutor que podemos chamar de calor interno, de propósito, de jornada, e por aí vai. A resposta destas perguntas não existem prontas ou em prateleira. Um mergulho, um trabalho infinito e constante sobre se autoconhecer. Sobre perceber decisões e posturas relacionadas ao caminho. Reavaliar constantemente o quão coerente está com o seu fio condutor. A partir disso, a clareza e a percepção sobre o que é necessário abrir mão, ou investir mais tempo e energia para que a jornada fique preenchida de você mesmo.  Criar esta conexão é perceber seu autovalor. Colocar em sua rotina cuidado e carinho. Movimento gera energia. Energia gera calor. Para si. Você vale muito. E a gente também. Com amor, Lili e Marcela


Uma carta escrita em São Paulo, um dia após o céu escurecer às 3 horas da tarde. Tomemos para nós a mudança que queremos ver no mundo. Possuímos dons e talentos únicos, valiosos e potentes. Como podemos ajudar na transformação? Sejamos essa mudança. Honre sua história.  Com amor, Morada

16 visualizações
bottom of page